Joan Didion

Nascida na Califórnia em 1934, licenciou-se na Universidade de Berkeley. Em 2005, foi-lhe atribuído o National Book Award pela obra O Ano do Pensamento Mágico. Destacam-se outras como Play It As It Lays, Democracy, Slouching Towards Bethlehem, The White Album, Salvador, Miami e Political Fictions. Em conjunto com o marido, John Gregory Dunne, escreveu guiões para os filmes The Panic in Needle Park com Al Pacino, True Confessions com Robert De Niro e Robert Duvall, A Star Is Born com Barbara Streisand e Up Close & Personal com Michelle Pfeiffer e Robert Redford. É membro da Academia Americana de Artes e Letras que a premiou, em 2005, com a Medalha de Ouro para não-ficção. A sua obra foi ainda reconhecida em 1996 com o prémio Edward MacDowell, em 1999 com o prémio Columbia Journalism, em 2002 com o prémio George Polk Book e, em 2007, com o National Book Award for Distinguished Contributions to American Letters. É colaboradora de vários periódicos e, de forma mais assídua, do The New York Review of Books.

Em Portugal, O Ano do Pensamento Mágico estreou no TNDM II em Novembro de 2009, com encenação de Diogo Infante e interpretação de Eunice Muñoz.

Bicho do Mato